DECLARATION L’amour que je sens, l’amour qui me cuit, Ce n’est pas l’amour chaste et platonique, Sorbet à la neige avec un biscuit ; C’est l’amour de chair, c’est un plat tonique. Ce n’est pas l’amour des blondins pâlots Dont le rêve flotte au ciel des estampes. C’est l’amour qui rit parmi des sanglots Et […]

via DECLARATION (Jean Richepin) — Arbrealettres

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s