Indiferença.

Indiferença magoa. Dói tanto que faz o coração chorar.

Indiferença fere como a mais afiada das espadas.

Indiferente a chuva inunda a estrada.

E eu corro apressada… para te encontrar.

Preciso do teu olhar, do teu céu, da tua luz.

Indiferente… ris e … o meu mundo desaba.

 

Sorris e… o meu coração bate forte.

Indiferente ao frio que se sente nesta rua, ruborizo.

Indiferente ao perigo… caio nos teus braços.

Indiferente ao meu amor o tempo passa.

Indiferente o tempo avança e o amor enlaça.

Enlaçados os nossos corpos vibram… sobem ao paraíso.

Só teus lábios quero beijar. Só o teu corpo me apetece.

O nosso mundo é o amor e… o resto não interessa.

 

Fortunata Fialho

 

amantes-arbol

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s