Silêncio.

Que silêncio…

Como é bom estar em silêncio,

Poder refletir sem ser incomodada,

Pensar… em tudo… em nada,

Sonhar acordada, planear os dias, ou as noites.

Ouvir o som do silêncio.

Quem não escutou o silêncio do campo?

O vento nas árvores, os chilreios dos pássaros,

O coaxar das rãs, o canto dos grilos.

Ouvir o riacho correndo, rolando os seixos,

Saltando obstáculos, acariciando os peixes,

Dando de beber aos animais,…

E o som do mar?

O bater das ondas, o murmúrio do oceano,

O vento cariciando a sua superfície,

As ondas penetrando no areal,

O borbulhar na areia.

Silêncio? Será que existe o tão almejado silêncio?

Mesmo assim adoro estes silêncios.

 

Fortunata Fialho

em:capa-2953x2008

Anúncios

5 thoughts on “Silêncio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s