The Sun, um olhar. um olho afiado, uma consciência. Caso contrário pensando, um olho de fogo. Ninguém se aventurou a chamar (Homero Aridjis) Series: poemas Solar Tradução: Ivan Alechine Editor: Mercure de France

via Le Soleil (Homero Aridjis) — Arbrealettres

Anúncios

One thought on “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s