A vida é feita de tantas precariedades  — Opinião Central

via A vida é feita de tantas precariedades  — Opinião Central

Anúncios

Qual é a Sua Geração? — Maryworks

💞💞💞💞🍀🌹🌸💐🌷🌺💞💞💞❤️❤️😀😊😍💞💞💞💞🍀🌹🌸💐🌷🌺💞💞💞❤️❤️😀😊😍 kkk capaz! Você certamente já sabe a qual geração pertence, mas essas 12 perguntas são tão precisas neste quesito que, às vezes, você pode até se surpreender com o resultado. Este teste irá fazer você pensar sobre as grandes diferenças entre gerações, como escolhas na alimentação, música e até atividades do dia a dia. […]

via Qual é a Sua Geração? — Maryworks

🌠✴”Simplesmente… Histórias”✴✨

Estupidez é um estado que assiste a muito boa gente que pensa que pode mandar em tudo e em todos. Por outro lado, um estúpido pode pensar de forma contrária e deixar que outros mandem na sua própria vida.

Estupidez também pode ser confundida com má educação, uma pessoa mal-educada revela uma estupidez incalculável.

Uma questão se põe: E quando nos assola uma estupidez atroz e, sem que o notemos, só fazemos asneira da grossa?

Não me considero uma pessoa mal-educada e muito menos estúpida, então porque faço tanta estupidez na minha vida?

Será que todo o ser humano tem, latente em si, uma fonte de estupidez? Será que é uma doença contagiosa que ameaça tornar-se uma epidemia ou até mesmo uma pandemia?

Evito a todo o custo ser estúpida e tento tratar as outras pessoas, e o mundo que me cerca, com respeito e consideração, então porque me acontece tanta coisa estúpida?

Estupidamente estupefacta, observo o mundo à minha volta e tento compreender o que se passa. Quando é que as pessoas abrem os olhos e se começam a comportar como inteligentes? É urgente, deixar de ser estúpido e tornarmo-nos proactivos. Lutar por um mundo mais produtivo, igualitário, justo, respeitoso e, sobretudo, mais educado.

Podemos tentar usar a educação para melhorar todo o ser humano. Realmente também não podem-mos esquecer que há tantos educadores, e sobretudo pseudo-educadores, francamente estúpidos ou estupidificados.

Realmente a deseducação é a melhor forma de nos tornarmos estúpidos, então é preferível investir na educação, numa boa educação. Educando, o nosso semelhante, poderemos ter um mundo mais são e humano. Partilhando bons exemplos poderemos tornar o ser humano realmente humano e menos estúpido.

É urgente e imperativo melhorar o estado anímico de todo o ser, dito, humano e fazer com que se torne menos estúpido e mais inteligente. De notar que estes dois estados podem perfeitamente coexistir na mesma pessoa. Podemos ser estupidamente inteligentes ou, inteligentemente estúpidos.      É um facto que a estupidez nos cerca, então que fazer? Talvez o melhor seja aproveitar toda esta estupidez e torná-la numa ferramenta de trabalho e, inteligentemente, melhorar tudo aquilo que nos seja possível.

Como diz o velho ditado: “se não os consegues vencer junta-te a eles”, se não conseguimos vencer esta estúpida estupidez então usemo-la, de forma positiva, para solucionar os problemas com que diariamente nos deparamos.

Já que não conseguimos curar esta estupidez então sejamos estúpidos mas umas boas pessoas.

 

Fortunata Fialho

estudo_capa_completa_simplesmente historias (2)

Surreal Photo Manipulations by Luisa Azevedo — Le Bien-Etre au bout des Doigts

Publicado originalmente em e MORFES: Luisa Azevedo composes dream-like surreal images merging unexpected objects, figures and landscapes. Luisa learned most of her Photoshop skills by herself, watching tutorials on Youtube. At the age of 17 she started doing commissioned projects.At the moment she is studying at the Faculty of Fine Arts of the University of…

via Surreal Photo Manipulations by Luisa Azevedo — Le Bien-Etre au bout des Doigts

Sermos pais é a melhor coisa do mundo, por isso partilho: Especialmente, aos Portuguêses que visitam este Bloguinho… — Maryworks

Cristiano Ronaldo faz comunciado em que explicava a saída da seleção portuguesa na Copa das Confederações (Foto: Reprodução/Facebook) LEIA BEM MAIS: http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/cristiano-ronaldo-mostra-filhos-gemeos-novos-amores-da-minha-vida.ghtml

via Especialmente, aos Portuguêses que visitam este Bloguinho… — Maryworks

😊💌”Simplesmente… Histórias”💋😊

Disseram-lhes que nunca ninguém consegue desaparecer sem deixar rasto e eles riram-se. Para eles o impossível era impossível e os limites inexistentes. O seu mundo era muito seu, o mundo dos outros não lhes dizia nada. A opinião dos outros valia pelo que valia. Eram um caso raro, um caso à parte.

Tinham-se conhecido há algum tempo e o mundo mudou, passou a ser eles. Todos os dias eram dias de amar, todas as horas eram horas de amor. Quando se amavam a realidade, envergonhada, desaparecia.

Todas as vezes que se amavam iam mais além, os seus corpos eram um só, os toques eram pura energia, pura ternura, a sua pele fundia-se e os sentidos eram deuses. As palavras eram ditas, não pela boca mas sim pela pele. As promessas de amor eterno eram murmuradas no som de um toque, no murmúrio de um abraço. Os seus êxtases eram sublimes e os orgasmos divinais.

Nos seus dias tudo era supérfluo, os únicos momentos mesmo importantes eram aqueles que partilhavam. Viviam para os reencontros e amavam-se com a ternura da primeira vez e o desespero da eminência de ser a última.

Um dia, depois de todo o tempo desperdiçado nos empregos, reencontraram-se. Já trocavam beijos e carícias antes de fecharem à porta, as roupas deslizavam por magia e os corpos estremeciam de desejo. Amaram-se na procura do prazer absoluto e, a cada toque, o amor aumentava envolto em prazer. O êxtase era o seu mundo, o mundo era os seus suspiros as suas carícias, os seus orgasmos. O prazer não os cansava e os corpos pediam mais e mais. Continuaram e, cada toque era mais intenso que o anterior, cada caricia ainda mais plena, cada beijo mais delicioso, cada orgasmo mais sublime. Finalmente… na plenitude do êxtase tornaram-se incorpóreos… divinizaram-se.

 

Fortunata Fialho

livros

10 normas de segurança que seu filho deve saber desde cedo — Aleteia: vida plena com valor

Você tem ou conhece alguém que tenha filhos de 2 a 10 anos? Então divulgue!Uma das principais preocupações de qualquer pai é que aconteça algo de ruim com seu filho. Uma vez que o bebê nasce, os pais estão preocupados com a garantia de sua segurança física e emocional. Na verdade, verificou-se que tanto nos…

via 10 normas de segurança que seu filho deve saber desde cedo — Aleteia: vida plena com valor

Castro Alves – A violeta — Lusografias

(A uma incógnita…) A ROSA vermelha Semelha Beleza de moça vaidosa, indiscreta. As rosas são virgens Que em doudas vertigens Palpitam, Se agitam E murcham das salas na febre inquieta. Mas ai! Quem não sonha num trêmulo anseio Prendê-las no seio Saudoso o Poeta. Camélias fulgentes, Nitentes, Bem como o alabastro de estátua quieta… Primor… […]

via Castro Alves – A violeta — Lusografias

08. São dias de olhar pelo buraco da agulha — Catarina voltou a escrever,

Há palavras que têm sombra de árvore outras que têm fluido de astros Há vocábulos que têm fogo de raios E que incendeiam o espaço onde caem Outros que se congelam na língua e se estilhaçam ao sair (…) Vicente Huidobro Caríssimo M., …pensei em escrever-te, desde as primeiras horas desse dia. […]

via 08. São dias de olhar pelo buraco da agulha — Catarina voltou a escrever,