Feliz Ano Novo.

Por todo o lado ecoam fogos-de-artifício,

O novo ano já começou a instalar-se em diversos locais.

Aqui espera-se pacientemente pela hora zero.

A todos desejo um ano pleno de solidariedade,

Que as armas se calem, que ninguém precise de fugir,

Que todos tenham direito a ser felizes.

Que em nenhuns olhos espreite a tristeza,

Que se correrem lágrimas sejam de alegria.

Desejo que as gargalhadas de felicidade ecoem pelos ares.

Que nenhuma criança cresça sem pais e carinho,

E nos seus olhos brilhe a esperança no futuro.

Desejo que todos se tornem milionários de amor,

Sabedoria, solidariedade e criatividade.

Que se armem de canetas ou lápis coloridos,

Que reescrevam o futuro e o pintem de alegria.

Desejo um mundo pleno de cor e gotas de alegria.

 Que o negro só sirva para ver o brilho das estrelas.

Que o silêncio seja para ouvir os sons da natureza.

Que as diferenças se resolvam com abraços.

Que o novo ano seja o início de tudo o que de bom exista.

Feliz Ano Novo.

Fortunata Fialho

Imagem retirada da net.
Anúncios

Voam papeis.

No relógio de parede ecoam vinte e quatro badaladas.

Na cozinha, junto à lareira uma árvore de Natal.

No silêncio da noite um barulho mágico Ho Ho Ho…

Numa correria desenfreada as crianças voam ao seu encontro.

Do Pai Natal nem uma sombra, mas… surpresa!

Uma infinidade de lindos embrulhos rodeiam a árvore,

O brilho das luzes projeta estrelas nos papéis de embrulho.

 Olhos brilhantes e sorrisos de espanto iluminam os rostinhos.

Imóveis observam encantados… nada quebra o encanto.

Pegam nos embrulhos e alguém lê os nomes.

É meu. É meu. É meu…

Avidamente rasgam os embrulhos e projetam-nos pelo ar,

Abrem as caixas e não têm tempo de brincar,

Os presentes sucedem-se a um ritmo alucinante,

As suas mãozinhas estão cansadas de tanto rasgar.

Por fim silêncio… já não existem embrulhos…

Ninguém volta a chamar pelos seus nomes…

Não faz mal, agora é hora de brincar… Por qual começar?

A escolha é difícil e o sono começa a vencer.

Tantos brinquedos… os olhos brilham… sorrisos felizes…

Subitamente os brinquedos mais simples e baratos,

Tornam-se os preferidos e as brincadeiras começam.  

Afinal é Natal…

Fortunata Fialho

Imagem retirada da net.

Vésperas de Natal, enquanto esperam pelas prendinhas💐💐Brinquem com as palavras 💐💐

escreversonhar

Façam com as palavras aquilo que quiserem, desfaçam-nas:

Separem-nas letra a letra e joguem, brinquem, façam-nas dançar.

Criem novas palavras, palavras de amor e alegria, palavras sãs.

Jamais escrevam a dor e o sofrimento, o ódio e a intolerância.

Escrevam palavras lindas, brilhantes como o sol.

Que brotem como as mais lindas flores num prado de melodia.

Que soem, cristalinas, como o riso feliz das crianças.

Façam com as palavras o que quiserem, esgrimem-nas como adagas.

Deem golpes de frases, decepem a ignorância, disparem conhecimento.

Com um arsenal de letras disparem palavras em rajadas de linhas,

Deixem correr rios de ideias, mares de entendimento.

Derrotem mundos de ignorância, criem países de sábios,

Façam surgir impérios de puros e bons sentimentos.

Não deixem morrer as palavras, curem-nas e estimem-nas.

A sua beleza é imensa e o seu poder incalculável.

Lancem-nas no leito das páginas e misturem-nas.

Elas vão revelar poderes imensos…

View original post mais 25 palavras

A todos um Feliz Natal. 🐾 👀 Criaturas da noite. 👀🐾

escreversonhar

Ao longe pia uma coruja, o voo dos morcegos rasga o negrume noturno.

Chegou a hora dos habitantes da noite.

Medos infundados cerram as portas e apagam as luzes.

A beleza das estrelas ofusca as sombras noturnas.

Pelas ruas desfilam sombras… vultos de passagem.

Criaturas da noite em busca de diversão.

Jovens procuram através do conteúdo de um copo, desinibição.

Na senda dos estupefacientes procuram a fuga.

Outros, pelo seu lado, apenas diversão pura e sadia.

Pela noite todas as sombras caminham,

Todas as criaturas aparecem… deambulam… assombram…

No negro da noite caminham amantes.

Entre beijos escaldantes unem-se corpos,

Entregam-se… perdem-se… implodem e, finalmente, explodem em mil fogos-de-artifício.

Criaturas da noite que procuram prazer e felicidade.

Sombras inofensivas que caminham na noite.

Morcegos caçam sem piedade, vitimas inocentes sucumbem aos seus ataques.

Ao longe uma coruja procura a torre da igreja.

O seu pio sulca os ares e ecoa pela…

View original post mais 43 palavras

😍Alentejo😍

escreversonhar

Olho e sou rodeada por um mundo de cores envolto em suaves odores.

Planícies… não, telas coloridas, surgem de todos os lados.

Alguns génios pintores brincaram com paletas de cores.

Pinceladas, sabiamente distribuídas, surgem sob o meu olhar.

Alentejo, terra verde e florida, abraçada por luminosos raios solares.

O sol sempre que nasce, perante tal beleza, oferece-lhes o brilho dos cristais.

Pelos campos correm riachos, chilreiam pássaros, pastam animais.

Ranchos de trabalhadores espraiam-se pelos campos.

Trabalhadores, alegres, brincam e cantam enquanto labutam.

Enfrentam o sol e o frio, corajosamente, sem um queixume, sem um lamento.

Alentejo de gentes felizes e valentes, de vinhas e cearas sem fim.

Terra de noites calmas ao som do silêncio dos campos.

Silêncio repleto de barulhos noturnos.

Alentejo, terra linda, de gentes tranquilas e amáveis.

Meu berço… meu lar…. minha paixão.

Nasci no Alentejo… que sorte… que prazer…

Terra onde nasci… cresci… amei…

Terra onde…

View original post mais 8 palavras