Espero

Neste local em que fomos felizes eu espero.

Espero que o tempo volte atrás e que venhas.

Que tragas nos lábios um sorriso sincero,

Nos olhos o brilho das estrelas,

No coração um amor puro e verdadeiro.

Quero esquecer que me deixaste por outro alguém,

As palavras que me feriram como punhais,

A tua frieza perante o meu desespero.

Disse que iria esquecer-te e outro amor encontrar.

Mentira, todos os dias fico neste banco

Deixando as horas passar aguardando.

Tentando ver-te surgir com pressa no andar,

De braços abertos para me envolverem

Num abraço promessa de amor.

O tempo passa o sol esconde-se e tu não bens.

Os dias sucedem-se e as noites são longas,

O coração sangra mas a maldita esperança não morre.

Hoje não vou voltar, hoje vou de volta,

Talvez assim o esquecimento aconteça.

Hoje não vou… talvez assim te esqueça.   

Fortunata Fialho

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s