Nas asas de um pássaro. “Poesia Colorida”

escreversonhar

Nas asas de um pássaro.

Nas asas de um pássaro viajo,

Corto os ares como um duende.

Vivo na magia de um sonho de criança.

Subo às alturas e desço vertiginosamente.

Tento abraçar as nuvens que se desfazem ao toque.

Pinto de branco as nuvens negras.

Agarro nos raios solares e neles me aqueço.

Nuvens viajantes correm comigo

Anunciando sonhos sem fim.

Transformam-se nos meus desejos,

Escrevem futuros para mim.

Abrigo-me sob uma pena solta,

Guarda-chuva improvisado.

Gotas de chuva deslizam,

Caem, em cristais de gelo, transformadas.

Brilham intensas como olhos de fada.

Cansada do voo peço para descer.

Em frondosa árvore pouso devagar.

Numa carícia agradeço à ave.

Que em trinado melódico me retribui.

De folhas verdes faço minha cama.

Ninho improvisado onde termino meu sonho.

Sonho que se eleva nas asas de um pássaro.

Fortunata Fialho

View original post

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s