“A Soma Dos Nossos Dias”

(…)

Surpresa… nevoeiro intenso. Que caminho! Interminável e, em nada ajudou para combater o sono. Foi uma luta manter-me acordada. A sonolência foi a minha companheira de viagem. Confesso que devo ter fechado momentaneamente os olhos pois o carro guinou e eu apanhei um grande susto.

  Estou cansada de sair de noite, chegar de noite e de, quando não saio, passar os dias a trabalhar, tanto ou mais do que nos outros dias. Como posso passar uma imagem fresca e feliz se me sinto tão esgotada? Ainda por cima tenho de ouvir, constantemente, que não fazemos nada, que trabalhamos pouco e temos muitas férias. Por vezes gostava de trocar de trabalho com essas pessoas mesmo que fosse só durante uma semana. Não porque considere os seus trabalhos mais fáceis ou menos importantes, mas sim para que sintam na pele as dificuldades do meu.

Algumas pessoas acham difícil cuidar dos filhos e trabalhar ao mesmo tempo. Sim é difícil, não ponho esse facto em questão. Também sou mãe e sinto essa dificuldade tal como eles. Nunca deixei de arranjar um tempinho de qualidade para os meus filhos, mas depois de um dia inteiro a trabalhar, com os filhos de outros, quem acaba por sofrer são os meus. Ser filho de professor também não é fácil, aturar os pais depois de um dia de trabalho e ter de compreender a sua falta de paciência é muito mau, não merecem.

(…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s