Desejo

Desejo

Num tempo que já passou, uma menina sonhava.

Sonhava que um dia deixaria de estar sozinha.

Antes de dormir um desejo formulava:

Quero um mano ou uma mana, não quero continuar só,

O mundo é bem melhor quando se tem alguém para brincar.

O tempo passou e o sonho não se concretizou.

O pedido mudava, agora o desejo era ter alguém para cuidar.

Por vezes, quando queremos muito, os sonhos realizam-se.

Um dia, perto do Natal, um pequenino ser entrou na sua casa.

Pequenino, reguila,… lindo.

A menina que sonhava não queria acreditar…

Sem conseguir deixar de sorrir, o pequenino ser mimava.

Todo o tempo era pouco para o poder acariciar.

E o tempo passou, a pequenino ser cresceu,

A menina ficou mulher, mudou de casa e foi mãe.

E aquele ser pequenino?

Aquele ser pequenino cresceu mas nunca deixa de ser o seu sonho.

A menina sonhou novos sonhos, cada um diferente do primeiro.

Mas e o ser pequenino?

O ser pequenino eras tu minha irmã e a menininha era eu.

Foste o meu primeiro grande sonho,

Foste tu que chegaste num Natal antecipado.

Muitos parabéns meu desejo sonhado.

Fortunata Fialho

3 thoughts on “Desejo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s