Medo.

escreversonhar

Medo

Medo… por todo o lado impera o medo…

Começa o inverno e com ele o medo do frio,

Medo da chuva, medo das longas noites…

Vem a primavera e com ela o medo da água ser pouca,

Medo de que a chuva não chegue e o frio não passe,

Medo do calor intenso antes do tempo.

O verão chega trazendo com ele o medo,

Medo que a seca seja rigorosa e que os campos se
incendeiem,

Medo da sede, medo do calor escaldante,

Medo de que os riachos sequem,

Medo do sol inclemente, medo dos seus raios inclementes.

O outono reclama o seu lugar e o medo não parte.

Medo de que tempo não refresque, que a chuva não chegue,

Que os rios não encham, que os campos não se renovem,

Que por todo o lado o verde tarde, as árvores não se
enfeitem,

Medo do encurtar dos dias…

View original post mais 142 palavras

2 thoughts on “Medo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s