Felicidade (Netos… felicidade dos avós)

Felicidade

Felicidade é ver o brilho dos olhos de uma criança que é nossa,

Fruto dos frutos do nosso amor… dos nossos filhos.

Os rostinhos lindos e carinhosos de olhos brilhantes na descoberta…

Na descoberta de um mundo maravilhoso, cheio de ternura.

Cheio de novidades e carinhos de todos nós.

Um mês… cinco aninhos… não interessa.

Lourinha… moreninha… tanto faz.

São dois pedaços de mim que vou amar para sempre.

O meu mundo cada dia está mais rico

Uma riqueza que não se consegue calcular,

Uma riqueza do tamanho do universo que se expande a cada dia que passa.

Um coração cheio das mais esplendorosas riquezas jamais desejadas.

No coração de uma avó existem colos infinitos para acolher netos,

Cantos de dimensões astronómicas para albergar amores infinitos.

Netos… filhos não paridos mas igualmente amados,

Seres do nosso ser em vidas continuadas,

Imortalidade sempre transmitida em cada vida que se multiplica.

Vida imortal … possível eternamente… em corpos sempre diferentes.

Netos… frutos de uma árvore de frondosas folhas,

De troncos que se agigantam em abraços ternos e acolhedores,

De sombra protetora onde os sonhos são pássaros,

O futuro se agita com o vento e o amor cai

Em forma de folhas quentes e acolhedoras

Que criam tapetes suaves de sublime conforto.

Fortunata Fialho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s