E chega mais uma indicação…

E chega mais uma indicação!

Foi com muito prazer que, recentemente, recebi mais uma indicação para participar de uma Tag criada pela blogger Thais do Blog Felicisses. A minha indicação agora se deu por meio do amigo Alberto Cuddel  https://albertocuddel.wordpress.com. O principal intuito desta Tag, é conhecer um pouco de cada blogueiro. É superimportante ter essa interacção com outros blogs, que além de maravilhoso, é uma valiosa troca de experiências.

Primeiro vou começar respondendo a umas perguntas formuladas e logo depois irei indicar dez blogs que sorteei para participarem da Tag.

entrevistas-en-wordpress

1-Qual foi a sua primeira opção de plataforma quando pensou em criar um Blog? O que lhe chamou mais atenção?

Comecei em 2016 já no wordpress. Como sou nova nestas andanças, depois de alguma pesquisa  pareceu-me ser bastante atraente.

2-Você está satisfeito(a) com o WordPress? Por quê?

Como a minha ideia era divulgar o meu trabalho, sim estou satisfeita. Agrada-me a  sua simplicidade.

3-Por que quis criar um blog? Sempre teve essa necessidade?

Uso o blog como divulgação do meu trabalho. Como qualquer escritor aprendiz, precisava de ter uma pequena noção do impacto dos meus trabalhos nas outras pessoas. Se sempre tive essa necessidade, confesso que não.

4-O que você mais gosta em seu Blog?

O retorno daquilo que escrevo, a resposta dos outros bloggers através dos seus comentários e o conhecimento de tantos tipos de colegas de blogs que me têm proporcionado tantos bons momentos de leitura.

5-Consegue postar com frequência?

Sim, pelo menos uma vez por dia. Poucos são os dias que o não tenho feito.

6-Quais tipos de conteúdos gosta mais de abordar?

No meu caso poesia, literatura, os meus livros já publicados, um desabafo por outro e levantar um pouco o véu sobre mim própria como pessoa sem necessitar de falar ou expor a minha vida privada.

7-Você interage muito com outros blogueiros? O que acha bacana quando lê posts de outros blogs?

Sempre que posso. É fantástico o que aprendemos quando lemos os artigos partilhados. Obviamente que me refiro aos que são construtivos.

8-Como é a elaboração de suas postagens? Segue algum tipo de “ritual”?

Não, simplesmente escrevo o que sinto ou procuro um texto mais antigo e publico.

9-Que tipo de música gosta de escutar? Indique uma para os seus amigos blogueiros.

Não tenho um género de musica preferido mas, quando escrevo gosto de calma e tranquilidade.

10-Qual o seu género favorito de filme? Indique aí também!

Tal como na musica também tenho gostos diversos variando entre românticos, históricos, … , acção.

10 Blogs indicados:

Vou indicar alguns sorteados mas que não repitam os que sei que já o foram, que me desculpem os outros mas simplesmente são só 10.

https://josewaenyescritor.wordpress.com/

https://omiaudoleao.wordpress.com/

https://cafeebrigadeiro.com/

https://lindarosathewriter.blog/

https://poesiaseoutrascoisas.wordpress.com/

https://opoderdaleituracom.wordpress.com/

https://lindarosabilingualwriter.com/

https://ideiasblogsite.wordpress.com/

http://chronosfer2.wordpress.com/

https://phiguchi.wordpress.com/

Aproveitem e conheçam Adail do Blog “Ideias em Blog”, no qual, compartilha suas leituras que o influenciam, tanto na sua imaginação quanto no seu conhecimento.

COMPARTILHE ISSO:

Anúncios

Sinto…

Sentir, quem não sente?

Pego na caneta e sinto uma vontade incontrolável, de escrever.

Viver vidas que não são minhas mas por mim vividas.

Descrever sonhos mesmo que sejam irreais.

Voar como um pássaro… sem levantar os pés do chão,

Cruzar o universo… de dentro do meu quarto,

Conhecer muitos planetas… sem sair da Terra.

Encontrar novas formas de vida… partilhar os meus sonhos sem um único som.

Viajar no tempo… só com um simples pestanejar.

Ser rainha… mesmo sem trono ou reino.

Ser plebeia sem passar fome… mesmo sem trabalhar.

Colher as estrelas como se fossem as flores do meu jardim.

Enfeitar as minhas noites com o brilho dos pirilampos.

Colher mil frutos diversos da árvore do meu quintal.

Cobrir o meu corpo com um manto de seda brilhante como o luar.

Amar sem pudor numa entrega total.

Sentir todo o prazer do mundo em ondas de felicidade sem par.

Sentir tudo o que quiser mesmo sem lhe tocar.

Sim, sinto que através da minha caneta tudo aquilo com que sonho se pode realizar.

 

Fortunata Fialho

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Um pouco do meu sentir num livro: “Simplesmente… Histórias”

 

TAG – Conhecendo Cada Blogueiro

Obrigada amigo, assim que puder colocarei a minha participação.

Entre Pontos e Vírgulas, Poesia!

E chega mais uma indicação!

Com muita alegria recebi recentemente mais uma indicação para participar de uma Tag criada pela minha querida amiga Thais do Blog Felicisses. A minha indicação agora se deu por meio do amigo Adail do Blog “Ideias em Blog”. O principal intuito desta Tag, é conhecer um pouco de cada blogueiro. É superimportante ter essa interacção com outros blogs, que além de maravilhoso, é uma valiosa troca de experiências.

Primeiro vou começar respondendo a umas perguntas formuladas e logo depois irei indicar dez blogs que sorteei para participarem da Tag.

entrevistas-en-wordpress

1-Qual foi a sua primeira opção de plataforma quando pensou em criar um Blog? O que lhe chamou mais atenção?

Comecei em 2013 com o blogspot, apenas em 2017 mudei para o wordpress, apesar de todas as limitações.

2-Você está satisfeito(a) com o WordPress? Por quê?

Apesar de todas as limitações de uma aplicação…

View original post mais 271 palavras

🌊 Mar, tranquilo mar.🌊

Nostálgico caminha sem rumo.

Pensativo deixa-se levar.

O barulho da cidade está cada vez mais longe.

Caminha envolto em tristes pensamentos.

Finalmente a quietude… o silêncio.

Uma gaivota soa ao longe.

Uma leve e fresca maresia acaricia o seu rosto.

Uma lágrima, salgada, sulca-lhe a face.

Seus olhos tristes, azuis como o mar, perderam o brilho.

Subitamente, seus pés pisam a areia.

Grãos finos abafam os seus passos.

Cansado repousa no Areal.

Ao longe o mar compadece-se,

Movimenta-se em suaves ondas…

Num concerto mágico acalma-lhe as mágoas.

Suavemente movimenta as conchas

Depositando-as a seus pés.

Uma criança acerca-se e, pegando num búzio, diz:

-Escuta o som do mar, é lindo e doce.

O seu sorriso, brilhante, irradia felicidade.

Ingénua, pura, ternurenta… que linda criança!

O mar salpica-lhe o corpo e uma mãozinha acaricia a sua.

No seu rosto, triste, desenha-se um sorriso…

O azul dos seus olhos adquire o brilho do mar…

A tristeza desfaz-se como a espuma das ondas…

A tranquilidade acaricia- lhe o coração…

Feliz… brinca na praia, apanha conchas,

Escuta os búzios, chapinha na água …

E… envolto em maresia… regressa feliz.

 

 

Fortunata Fialho

 

DSCN4742
Praia Norte (Alentejo), num dia tranquilo. Um mar repleto de diamantes.

🎀 Sonho lindo. 🎀

Tive um sonho lindo!

Tinha asas e voava sem parar.

Percorria o planeta procurando armas.

Nos quartéis penduravam-se flores,

Os campos de batalha eram prados coloridos.

Soldados marchavam ao som de sinfonias.

Disparavam-se pétalas que perfumavam os corpos.

O chão cobria-se de corpos…

Que, de olhar sonhador, observavam as nuvens.

De punho erguido prometiam-se sonhos.

Vozes fortes falavam de amor.

Ameaças de carinho ecoavam os ares.

Todas as religiões partilhavam o mesmo templo,

Em vez de ódio pregavam amor.

E os animais?

Ai, aos animais disparavam carícias.

O riso das crianças ecoavam no ar,

Levando sorrisos a todos os rostos.

Não encontrei armas… procurei lágrimas…

Em todos os rostos brilhava a felicidade.

Finalmente encontrei lágrimas…

Envoltas em sorrisos… enfeitadas de gargalhadas,

Brilhavam como estrelas num céu de verão.

Cansada pousei e… adormeci.

Que sonho tão lindo esta noite vivi!

 

Fortunata Fialho

 

sonhar
Desconheço o autor.

SOS

Entre Pontos e Vírgulas, Poesia!

SOS

Que bom saber que após um grito,
De socorro, de auxilio aflito,
Tantos outros nos socorrem,
Tantos outros nos acorrem!

Sentimo-nos uma armada,
Em que não há balsa naufragada,
Ninguém fica para traz em solidão,
Não se perde o sentimento de união!

Para muito mais forte voltar,
Perdendo o medo de naufragar,
Por termos amigos em quem confiar!

Agora sim avançamos,
Agora sim caminhamos,
Agora Sim Amamos!

Alberto Cuddel
16:34 28/05/2013

View original post