Um terço da humanidade enfrenta ondas de calor mortais — Mokuhyou Shinbum ®

Um terço da população mundial está exposta a condições climáticas que produzem ondas de calor mortais devido à acumulação de gases do efeito estufa na atmosfera, e isso torna “quase inevitável” a ocorrência de mortes por altas temperaturas em vastas áreas do planeta. E as previsões para o futuro são ainda piores: a cifra chegará…

via Um terço da humanidade enfrenta ondas de calor mortais — Mokuhyou Shinbum ®

Nono Planeta “já era” descobriram o “Décimo Planeta” — Casual

image newscientist Embora o número de planetas no nosso sistema solar tenha flutuado nos últimos 11 anos, nunca ultrapassou os dígitos únicos – até agora. Dois cientistas planetários da Universidade do Arizona em Tucson acreditam ter encontrado um 10º planeta (assumindo que o nono planeta não confirmado descobriu o ano passado existe), orbitando além de […]

via Nono Planeta “já era” descobriram o “Décimo Planeta” — Casual

Mulheres que amamentam têm risco menor de doenças no coração — Superinteressante

O primeiro contato afetivo que os pequenos têm com suas mães passa pelo peito. O aleitamento materno, porém, não é essencial só para o bebê mas, para a saúde da mãe também. É o que mostra esta pesquisa, publicada na revista Journal of the American Heart Association. Estudos anteriores já tinham demonstrado que mulheres que amamentaram…

via Mulheres que amamentam têm risco menor de doenças no coração — Superinteressante

É uma “Simplesmente… Histórias”.

– Mãe socorro. Tanto medo! Que barulho assustador! Tantas luzes… não consigo ver… dói tanto…. Pega na minha mão. Quando te sinto tenho menos medo. Pega-me ao colo e abraça-me forte, diz que vai passar. Faz calar todo este barulho… diz que é um pesadelo… ajuda-me a acordar.  Mãe dói tanto… porque são os homens tão maus?

Sobrevivi, minha mãe deu a sua vida para me proteger. Abraçou-me e …meu Deus…o sangue foi mais dela do que meu. Sobrevivi mas… com ela morri um pouco também.

Olho para o meu filho e recordo tudo, o noticiário mostra o êxodo de tanta gente. Fogem de uma guerra, mais uma guerra ignóbil, tentam proteger os seus filhos. Muitos perdem a vida e nem sempre os filhos lhes sobrevivem. Olho o meu filho e prometo-lhe proteção. Será que posso cumprir? Tanto ódio e tanto terror! Será que não têm filhos também?

As imagens sucedem-se e ele dorme. Crianças afogadas e… o meu dorme profunda e serenamente. Pouso-lhe a mão na cabeça e acaricio os seus cabelos. No meu rosto as lágrimas fluem… como gostava de os proteger também.

Espreguiçou-se, vai acordar. Mudo de canal. Não necessita de ver tanto horror.

Olha para mim e sorri, salta da cama e pendura-se no meu pescoço.

– Estás triste papá? Olha vou buscar o sol para ti, ou preferes a lua. Ontem fiz um desenho dos três, tu eu e a mamã. Sabes escrevi uma história. Tu eras o rei e fazias fugir todos os maus, e davas doces aos bons. Eramos felizes e nunca ninguém chorava. Sabes eu chorei, cai e fiz um dodói, mas tu vieste e o dodói também fugiu, afinal ele era mau e não podia ficar. Sabes pai tu és o meu herói e contigo eu não tenho medo de nada.

 

Fortunata Fialho

 

livros

O Dr. Doolittle da vida real, que oferece próteses para que os animais amputados vivam melhor — VIVIMETALIUN

Angel Marie é um pônei especial. Ele perdeu uma das patas logo após nascer quando, acidentalmente, sua mãe pisou em cima dela. Desde então, precisou aprender a viver com apenas três patinhas. Mas sua vida mudou após sua história chegar aos ouvidos de Derrick Campanha, um médico da Virgínia, EUA, também conhecido como Dr. Doolittle. […]

via O Dr. Doolittle da vida real, que oferece próteses para que os animais amputados vivam melhor — VIVIMETALIUN