“Que la rivière ait assez d’espace pour irriguer nos terres et l’hirondelle, assez de soleil pour enivrer le toit “, chantait, sur la route, une petite fille. Là, où nos chemins se croisent, nos ailes se tutoient. (Edmond Jabès)

via Là, où nos chemins se croisent, nos ailes se tutoient (Edmond Jabès) — Arbrealettres

Anúncios

One thought on “

  1. Jackson S de Jesus 4 de Março de 2017 / 19:00

    Chouette!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s